• Texto

    , que vêm até vós vestidos

    mATEUS 7: 13b a 10:23

     
    so o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela;
    14 E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem.
    15 Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores.
    16 Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos?
    17 Assim, toda a árvore boa produz bons frutos, e toda a árvore má produz frutos maus.
    18 Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons.
    19 Toda a árvore que não dá bom fruto corta-se e lança-se no fogo.
    20 Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.
    21 Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
    22 Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?23 E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.
    24 Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha;
    25 E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.
    26 E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia;
    27 E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda.
    8: 3 Quero; sê limpo.
    4 Olha, não o digas a alguém, mas vai, mostra-te ao sacerdote, e apresenta a oferta que Moisés determinou, para lhes servir de testemunho.
    10 Em verdade vos digo que nem mesmo em Israel encontrei tanta fé.11 Mas eu vos digo que muitos virão do oriente e do ocidente, e assentar-se-ão à mesa com Abraão, e Isaque, e Jacó, no reino dos céus;
    12 E os filhos do reino serão lançados nas trevas exteriores; ali haverá pranto e ranger de dentes.
    13 Vai, e como creste te seja feito. E naquela mesma hora o seu criado sarou.
    20 As raposas têm covis, e as aves do céu têm ninhos, mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça
    26 Por que temeis, homens de pouca fé?
    9: 2 Filho, tem bom ânimo, perdoados te são os teus pecados.
    4 Mas Jesus, conhecendo os seus pensamentos, disse: Por que pensais mal em vossos corações?
    5 Pois, qual é mais fácil? Dizer: Perdoados te são os teus pecados; ou dizer: Levanta-te e anda?
    6 Ora, para que saibais que o Filho do homem tem na terra autoridade para perdoar pecados Levanta-te, toma a tua cama, e vai para tua casa.
    9 Segue-me. E ele,
    12 Jesus, porém, ouvindo, disse-lhes: Não necessitam de médico os sãos, mas, sim, os doentes.
    13 Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício. Porque eu não vim a chamar os justos, mas os pecadores, ao arrependimento.
    15 Podem porventura andar tristes os filhos das bodas, enquanto o esposo está com eles? Dias, porém, virão, em que lhes será tirado o esposo, e então jejuarão.
    16 Ninguém deita remendo de pano novo em roupa velha, porque semelhante remendo rompe a roupa, e faz-se maior a rotura.
    17 Nem se deita vinho novo em odres velhos; aliás rompem-se os odres, e entorna-se o vinho, e os odres estragam-se; mas deita-se vinho novo em odres novos, e assim ambos se conservam.
    22 Tem ânimo, filha, a tua fé te salvou.
    24 Retirai-vos, que a menina não está morta, mas dorme.
    28 Credes vós que eu possa fazer isto? Disseram-lhe eles: Sim, Senhor.
    29 Tocou então os olhos deles, dizendo: Seja-vos feito segundo a vossa fé.
    30 Olhai que ninguém o saiba.
    37 A seara é realmente grande, mas poucos os ceifeiros.
    38 Rogai, pois, ao Senhor da seara, que mande ceifeiros para a sua seara.
    10: 5 Jesus enviou estes doze, e lhes ordenou, dizendo: Não ireis pelo caminho dos gentios, nem entrareis em cidade de samaritanos;
    6 Mas ide antes às ovelhas perdidas da casa de Israel;7 E, indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus.
    8 Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai.
    9 Não possuais ouro, nem prata, nem cobre, em vossos cintos,
    10 Nem alforges para o caminho, nem duas túnicas, nem alparcas, nem bordão; porque digno é o operário do seu alimento. 
    11 E, em qualquer cidade ou aldeia em que entrardes, procurai saber quem nela seja digno, e hospedai-vos aí, até que vos retireis.
    12 E, quando entrardes nalguma casa, saudai-a;
    13 E, se a casa for digna, desça sobre ela a vossa paz; mas, se não for digna, torne para vós a vossa paz.
    14 E, se ninguém vos receber, nem escutar as vossas palavras, saindo daquela casa ou cidade, sacudi o pó dos vossos pés.
    15 Em verdade vos digo que, no dia do juízo, haverá menos rigor para o país de Sodoma e Gomorra do que para aquela cidade.
    16 Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes e inofensivos como as pombas.
    17Acautelai-vos, porém, dos homens; porque eles vos entregarão aos sinédrios, e vos açoitarão nas suas sinagogas;
    18 E sereis até conduzidos à presença dos governadores, e dos reis, por causa de mim, para lhes servir de testemunho a eles, e aos gentios.
    19 Mas, quando vos entregarem, não vos dê cuidado como, ou o que haveis de falar, porque naquela mesma hora vos será ministrado o que haveis de dizer.
    21 E o irmão entregará à morte o irmão, e o pai o filho; e os filhos se levantarão contra os pais, e os matarão.
    22 E odiados de todos sereis por causa do meu nome; mas aquele que perseverar até ao fim será salvo.
    23 Quando pois vos perseguirem nesta cidade, fugi para outra; porque em verdade vos digo que não acabareis de percorrer as cidades de Israel sem que venha o Filho do homem

    Comentar
  • Texto

    estudos

    Livro: APOCALIPSE (Ap)
     
    Autor:
    Apóstolo João.
     
    Data Aproximada:
    96 d.C.
     
    Destinatários:
    Apocalipse é uma revelação dada por JESUS, por intermédio de João, aos cristãos perseguidos, visto que na época em que fora escrito, as autoridades romanas impunham aos cristãos o culto de adoração ao César do momento (imperador).
     
    Mensagem:
    Por ordem do próprio JESUS, João escreveu o Apocalipse ou Revelação, para encorajar os fiéis a resistirem às perseguições, enfatizando a existência de uma batalha decisiva entre DEUS e o diabo. Porém mais do que isso, Apocalipse fala do desfecho final da história desse mundo, incentivando os santos a permanecerem fiéis a DEUS e alertando os incrédulos sobre a terrível conseqüência de se rejeitar e negar o SENHOR JESUS CRISTO. O livro de Apocalipse pode ser dividido em três secções principais para facilitar o entendimento: 1) as coisas que eram, representando a visão que João teve de JESUS como Juiz das sete igrejas; 2) as coisas que são, representando os sete tipos de igrejas desde a morte dos primeiros apóstolos até os dias de hoje; 3) as coisas que hão de acontecer depois destas, representando os acontecimentos futuros que se iniciarão após o arrebatamento da Igreja e se estenderão até a Nova Jerusalém. Esse livro faz uso de um estilo simbólico e figurativo chamado de apocalíptico, em que esses simbolismos representam pessoas, coisas ou verdades. A melhor interpretação do livro que temos é a Futurista, tendo como visão que a maior parte é composta por profecias a serem cumpridas até o final dos tempos.

    Comentar
  • Texto

    estudos

    Livro: 2 CORÍNTIOS (2 Co)
     
    Autor:
    Apóstolo Paulo
     
    Data Aproximada:
    57 d.C.
     
    Destinatários:
    A carta foi escrita para a igreja de Corinto (ver em 1 Co) e aos cristãos de toda Acaia (província romana que englobava todo o território da Grécia até o sul da Macedônia).
     
    Mensagem:
    Após perceber que os problemas descritos na primeira carta ainda não haviam sido resolvidos, Paulo escreve sua segunda carta àquela igreja, uma carta mais triste e mais severa, de forma a defender o seu ministério apostólico contra as falsas acusações de que agora vinha sendo alvo. Essas acusações eram propagadas por falsos mestres que tinham se infiltrado com o objetivo de questionar a autoridade apostólica de Paulo e a sua integridade de caráter.
     
     
    Livro: GÁLATAS (Gl)
     
    Autor:
    Apóstolo Paulo
     
    Data Aproximada:
    49 ou 55 d.C.
     
    Destinatários:
    A carta aos gálatas foi escrita para todas as igrejas da região da Galácia, povoada por gauleses europeus que emigraram para a região da atual Turquia. Os gauleses europeus mais tarde formariam povos como os ingleses, os irlandeses, os escoceses e até parte dos franceses.
     
    Mensagem:
    Os gálatas eram conhecidos por sua instabilidade e inconstância de espírito. Naquelas igrejas havia judeus cristãos e gentios cristãos, e esses judeus começaram a ter uma posição de que a fé dos gentios deveria ser acompanhada da observância e prática das leis do Antigo Testamento, principalmente com relação a circuncisão.
    A questão se os gentios deveriam guardar a lei Mosaica já havia sido resolvida no Concílio de Jerusalém, onde lá ficou decidido que os gentios eram justificados pela fé, sem as obras da lei. Paulo ainda foi alvo desses judaizantes (judeus cristãos que insistiam que a salvação também era resultado da prática da lei) que questionavam a legitimidade do apostolado de Paulo, alegando que ele havia eliminado do evangelho as exigências legais do Antigo Testamento, a fim de deixar a mensagem mais atraente aos gentios. Paulo então rechaça essas acusações confirmando sua autoridade apostólica e confrontando a mistura do judaísmo ao cristianismo e o jugo do legalismo. Em sua carta, Paulo é claro em afirmar que o homem é justificado e santificado somente pela graça mediante a fé em CRISTO, e não por obras da lei. O livro de Gálatas é também chamado de “o livro de Lutero”, pois o seu conteúdo foi primordial para o início da Reforma Protestante

    Comentar
  • Texto

    estudos

    Livro: 1 CORÍNTIOS (1 Co)
     
    Autor:
    Apóstolo Paulo
     
    Data Aproximada:
    55 ou 56 d.C.
     
    Destinatários:
    A carta foi destinada à igreja de Corinto, uma cidade no sul da Grécia que na época tinha cerca de 650 mil habitantes, sendo 250 mil livres e 400 mil escravos. Corinto tinha dois portos de navegação e era considerada a principal cidade da Grécia através de um comércio internacional muito ativo por terra e mar (era um ponto estratégico para viajantes e comerciantes). Era ainda uma cidade cultural, pois seus habitantes interessavam-se pela filosofia grega e estimavam a sabedoria. Corinto também era conhecida pela religião, onde havia doze templos pelo menos, destacando-se o templo de Afrodite (deusa do amor cuja adoração se resumia a atos de prostituição religiosa), o templo de Asclépio (deus da medicina) e o templo de Apolo (deus da vingança). Corinto era amplamente conhecida pela sua imoralidade pública, patrocinada pelo imenso movimento de uma cidade portuária e comercial. A adoração à Afrodite promovia a prostituição em nome da religião, ao ponto de mil prostitutas “sagradas” servirem em seu templo. A fama de Corinto era tão imoral que chegou ao ponto de dar origem ao verbo grego “korinthiazomai” que significa praticar imoralidade sexual ou levar uma vida devassa, fazendo Corinto se relacionar a tudo o que era pecaminoso em termos de impureza e sensualidade.
     
    Mensagem:
    Em um ambiente como o de Corinto, a igreja de lá se encontrava com vários problemas mundanos, destacandose a imoralidade, a sensualidade, a divisão, os litígios, o abuso da ceia do SENHOR, problemas nos casamentos, problemas com alimentos consagrados a ídolos, mau uso dos dons espirituais e possíveis falsas doutrinas sobre a ressurreição. Paulo então escreve a carta para corrigir uma igreja que havia se tornado mundana e carnal devido a uma má influência que trouxe de fora para dentro da igreja.

    Comentar
  • Vídeo

    Igreja pentecostal o senhor é nossa justiça Igreja pentecostal o senhor é nossa justiça

    Comentar
  • Texto

    igreja pentecostal o senhor é nossa justiça

    ESTUDO SOBRE FÉ

     

    Primeiro gostaria de começar este estudo analisando a luz da Bíblia o que vem a ser a fé.

    Em Hebreus 11:1 há a o correto e perfeito conceito do que vem a ser fé:

    "ORA, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem." (Hebreus 11 : 1)

    Notamos que a fé é o firme fundamento, ou seja, é a própria Palavra de Deus, pois só há este firme fundamento o qual devemos estar nele e tendo este fundamento as coisas que esperamos acontecer e que não vemos começam a vir a tona.

    Muitas pessoas por falta de conhecimento pedem a Deus para obterem fé, só que jamais vamos adquirir fé pedindo-a ao Senhor.

    Só há uma maneira de obtermos fé, em Romanos 10:17, o Senhor nos ensina como devemos obter mais e mais fé.

    "De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus." (Romanos 10 : 17)

    Ao contrario do que muita gente pensa a fé se adquire mais simples do que se parece é só ouvindo a Palavra de Deus.

    Quanto mais ouvirmos a Palavra de Deus, mais firmes e possuidores da fé ficaremos. Costumo dizer que o tamanho da fé de um cristão é igual a quantas vezes este cristão ouve a Palavra de Deus.

    Em várias passagens Bíblicas quando o Senhor Jesus realizava seus milagres de cura Ele dizia ao ex-enfermo:

    Vai a tua fé te salvou, como nesta passagem Bíblica:

    "E Jesus, voltando-se, e vendo-a, disse: Tem ânimo, filha, a tua fé te salvou. E imediatamente a mulher ficou sã."(Mateus 9 : 22)

    Para começarmos a ficar firmes na fé devemos primeiramente crer que tudo absolutamente tudo que esta escrito na Palavra de Deus é a verdade, e que tudo que está fora dela é mentira, como está escrito:

    "Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade."(João 17 : 17)

    Se tudo o que está escrito na Palavra de Deus é a verdade, então em Isaias 53:4, 5 e I Pedro 2:24, também é a verdade, e o que fugir disso é mentira.

    "Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido." (Isaías 53 : 4)

    "Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados." (Isaías 53 : 5)

    "Levando ele mesmo em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, para que, mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça; e pelas suas feridas fostes sarados." (I Pedro 2 : 24)

    A enfermidade é uma conseqüência do pecado, se não houvesse pecado não haveria doenças, mas se analisarmos a Palavra de Deus vamos notar que a obra redentora de Jesus na cruz foi para nos salvar da perdição eterna, mais também para levar nossos pecados. O Senhor levou nossos pecados, nos libertou do cativeiro do diabo que nos mantinha preso, levou nossas doenças sobre si, e tudo o que Ele fez aqui na terra em 3 anos foi para nos ensinar todas estas coisas.

    Se eu não leio a Bíblia (Palavra de Deus), e nas minhas orações não peço ao Senhor sabedoria para entender a Sua Palavra, então estarei perdendo de viver livre sem enfermidades em meu corpo humano, muito discordam desta verdade, pois andam pelo que vêem e não pela fé, e acabam nas garras imundas do diabo que os levam ao engano, só que tudo aquilo que Deus escreveuem Sua Palavra é a verdade, inclusive a parábola do talento Mateus 25:14-30, onde o Senhor nos mostra claramente o que vai acontecer com quem não multiplica os talentos que Ele nos dá.

    "E disse o Senhor: Se tivésseis fé como um grão de mostarda, diríeis a esta amoreira: Desarraiga-te daqui, e planta-te no mar; e ela vos obedeceria." (Lucas 17 : 6)

    Nesta passagem o Senhor nos ensina que se tivermos fé e dissermos tal coisa será feito, da mesma maneira nesta outra passagem:

    "Porque em verdade vos digo que qualquer que disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará aquilo que diz, tudo o que disser lhe será feito." (Marcos 11 : 23)

    Vemos que está escrito que se dissermos tal coisa..., este é o segredo da fé, a fé é o combustível, mas a ação tem que ser nossa, nós temos que dizer e não duvidar pois está fundamentado na Palavra de Deus.

    Por exemplo: Se eu creio, veja bem creio não é acreditar é crer no coração que Jesus levou nossas doenças, então a ação que devo tomar é dizer: “Sai doença do meu corpo em nome de Jesus” e ela tem que sair, pois a Palavra nos ensina isto.

    Jesus nos diz:

    "E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas;" (Marcos 16 : 17)

    "Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão." (Marcos 16 : 18)

    O que ele está nos dizendo, então logicamente é verdade, pois está escrito, agora porque há tantos cristãos sofrendo com demônios destruindo sua vida e enfermidades levando-os para cova?

    Simples, porque não ouvem a Palavra de Deus, até freqüentam os cultos, mas não conseguem ouvir a Palavra, pois não são sinceros com o Pai que conhece a todos os pensamentos e as intenções do coração.

    Não praticar o que o Senhor nos ensina nas Escrituras é um pecado tremendo, pois é afirmar que a Palavra de Deus é mentirosa, isto nitidamente o Senhor nos ensina nesta passagem:

    MATEUS 7

    24 Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha;

    25 E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.

    26 E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia;

    27 E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda.

    Meus irmãos, vamos respeitar ao Senhor, ler a Palavra, querer conhecê-lo cada vez mais, largar todo engano, pedir ao Senhor que abra nossos olhos e ouvidos para ficarmos sensíveis ao falar do Senhor, Deus quer nos ensinar, e muitas vezes não queremos ouvi-lo.

    Tudo que Deus poderia fazer pela humanidade, Ele já fez, deu seu Filho amado para que todo que nele crê, não pereça, mais tenha a vida eterna.

    não esqueçamos que quem é o vilão é o diabo e não Jesus:

    "O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância."(João 10 : 10

    Comentar
  • Vídeo

    Igreja pentecostal o senhor é nossa justiça

    Igreja pentecostal o senhor é nossa justiça

    Comentar
  • Vídeo

    culto joven

    https://www.youtube.com/watch?v=nurBypARmz8

    Comentar
  • Vídeo

    igreja pentecostal o senhor e nossa justiça

    https://www.youtube.com/channel/UC_OZydqTWBZNVZiHXO4BDow

    Comentar
  • Texto

    O PODER DAS COISAS PEQUENAS

    Quantos já perceberam que as coisas pequenas podem ser muito boas ou muito más?
     
    Uma pequena mosca...
    Uma pequena Pedra no sapato...
    Uma pequena palavra de amor...
     
    Mateus 13: 31-32. “Outra parábola lhes propôs, dizendo: O reino dos céus é semelhante ao grão de mostarda que o homem, pegando nele, semeou no seu campo; 32 O qual é, realmente, a menor de todas as sementes; mas, crescendo, é a maior das plantas, e faz-se uma árvore, de sorte que vêm as aves do céu, e se aninham nos seus ramos. “
     
     
    A semente a que Jesus se referia era provavelmente a “Brassica negra” ou semente de mostarda.  
    De acordo com a Wikipedia; "As pequenas sementes - (1 mm), elas são duras e variam em cor do castanho escuro ao preto. Eles são muito saborosas, embora não  tenham quase nenhum aroma. "   "A própria planta pode crescer de 2 a 8 metros de altura com cachos de pequenas flores amarelas.
     
    Jesus estava a ensinar sobre o poder de semear ou o estabelecimento de pequenas coisas em nossas vidas.
     
     

    Pergunta 1   Acha que o que semeamos na vida é importante para o nosso futuro?
     
    As pequenas raposas...
     
    " Apanhai-nos as raposas, as raposinhas, que fazem mal às vinhas, porque as nossas vinhas estão em flor. “ Cânticos 2:15
     
    No tempo de Jesus muros eram construídos à volta das vinhas para proteger as uvas dos invasores (chacais e raposas).   Uma torre era construída para que um guarda pudesse ver toda a vinha.   A grande raposa poderia ser facilmente detectada, mas as pequeninas poderiam entrar sem serem vistas e estragar a colheita das boas uvas.   Este é exatamente o que um pouco de mal pode fazer na vida de uma pessoa.  
     
    "Não vos enganeis; Deus não se zomba: pois tudo o que o homem semear, isso também ceifará. [8] Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção ... "Gálatas 6: 7-8
     
    " Assim como as moscas mortas fazem exalar mau cheiro e inutilizar o ungüento do perfumador, assim é, para o famoso em sabedoria e em honra, um pouco de estultícia. “
    Eclesiastes 10:1
     
    O sábio Salomão entendeu este princípio.   O boticário fazia uma pomada, que era para abençoar e ungir.   Era feito na esperança de abençoar alguém.   No entanto, tudo o que era necessário era uma mosca morta para arruinar um lote inteiro.   Pequenas coisas são importantes.  
     
    NOTA: Vamos ver as grandes possibilidades quando semeamos boas sementes.  
     
    "Não vos enganeis; Deus não se zomba: pois tudo o que o homem semear, isso também ceifará. ... Mas o que semeia para o Espírito do Espírito colherá a vida eterna "Gálatas 6: 7-8.
     
    Quando semeamos coisas boas da vida, o resultado final será coisas boas.  
    Um bom exemplo é a semente do milho.   Uma semente de milho vai produzir uma haste e, em seguida, geralmente 3-4 espigas de milho com cerca de 200 sementes por espiga que se traduz em 6-800 sementes.   Se essas sementes foram plantadas novamente o potencial em apenas uma temporada seria um poderoso aumento de 640 mil vezes.   Semear pequenas coisas boas tem o potencial para grandes resultados.  
     
    Cada semente de cada espécie tem um grande potencial quando é plantado.   Porque não começar hoje a plantar boas sementes na vida?  Sementes de bondade, amor, compaixão, misericórdia, perdão e respeito.   Você pode se surpreender com o resultado.  
     
    Pergunta 2   Consegue pensar numa maneira de semear boas sementes?   Más sementes?
     
    Uma dimensão adicional
     
    O nosso entendimento desta parábola não estaria completo até que olhemos para um outro aspecto do ensinamento de Jesus.   Os pássaros.  
    Ele estava a falar sobre as coisas na vida que tentarão roubar ou matar a colheita de boas sementes que plantamos.   Todos nós sabemos que os pássaros amam sementes.   Ele fez referência a isso em outra parábola.
     
    "E, quando semeava, uma parte da semente caiu à beira do caminho, e vieram as aves e comeram-na:" Mateus 13: 4  
     
    As aves representam a obra do maligno do diabo.
     
    "Quando um homem ouve a palavra do reino, e não a entende, vem o Maligno e arrebata o que foi semeado no seu coração. Este é o que foi semeado à beira do caminho. "Mateus 13:19 (NVI)  
     
    Uma realidade da agricultura é o fator - pragas.   Os agricultores estão sempre preocupados com as pequenas coisas que vêm e devoram os frutos do seu trabalho árduo.  
    O que Jesus está a ensinar é o fato de que plantar boas sementes nem sempre é fácil, mas é frutífera.  
     
    NOTA: JESUS ensina a semear boas sementes e deixar a colheita para ele.   Sim, haverá pássaros que vão comer um pouco da cultura, mas haverá uma colheita e vale a pena o tempo e o esforço para semear boas sementes.
     
    Pergunta 3   Já fez algo de bom para alguém e não recebeu um obrigado de volta?   Decidiu deixar de ser agradável?
     
    Conclusão
     
    Quando entendemos o poder de plantar pequenas coisas e nos envolvemos no processo,  grandes coisas vão acontecer.  SEMEIE NO ESPIRITO.
     
    "Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, [23] mansidão, temperança (auto-controle); contra estas coisas não há lei." Gálatas 5: 22-23 (NVI)  
     
    Quantas vezes os nossos esforços para Deus são atacados pelo inimigo.Podemos ficar tão desanimados que nem sequer quer tentamos de novoMasDeus tem prazer em fazer do insignificante – significativo, do nada – tudo, do ninguém – alguém em Cristo.
     
    Ao longo da história, podemos ver o padrão: 

         O Cajado de Moisés que fez uma nação do Egito (Êxodo 4: 1-9), 
         O queixada de um jumento que na mão de Sansão matou mil filisteus (Juízes 15: 14-16)
         Cinco pedras lisas que derrubaram o gigante Golias (1 Samuel 17), 
         Um pouco de azeite de uma viúva sustentou-a e fez dela pagar as dividas e viver. (2 Reis 4: 1-7)
         Cinco pães de cevada e dois peixes alimentaram uma multidão (Mateus 14:13-21),
         Um pequeno grito “Jesus filho de Davi, tem misericórdia de mim” – curou um cego e deu nova vida.
         Um pequeno toque na orla do vestido de Jesus, e a mulher do fluxo de sangue foi restaurada.
         10 % do nosso ordenado, produz uma grande abundancia da parte de Deus.
    e 
         A semente de mostarda Jesus disse que iria se tornar uma grande árvorepara que os pássaros encontram abrigo (Mateus 13: 31-32

    Comentar
Fechar

Enviar esse post por e-mail:

Enviar
OK

Não foi possivel mandar o email

OK

OK
OK